domingo, 4 de janeiro de 2015

Na terra dos Incas: Programação para 5 dias em Cusco



Cusco é uma cidade fascinante, uma das mais belas em que já estivemos em todas as nossas viagens. A antiga capital do império Inca possui uma atmosfera vibrante, alegre, que contagia seus visitantes. Talvez seja devido sua arquitetura singular, que mistura casarões do período colonial espanhol com os muros e alicerces Incas, feitos com blocos de pedra perfeitamente encaixados uns com os outros. Talvez também por sua população, que preserva muito bem as tradições e costumes dos antepassados. As igrejas que hoje rodeiam a Plaza de Armas, coração da cidade, marcam a conquista dos colonizadores espanhóis sobre uma civilização muito avançada para a sua época. Suas ruas estreitas, revestidas de pedra, atualmente são repletas de cafés, pequenos restaurantes, bistrôs, lojinhas  e pousadas. Considerada Patrimônio da Humanidade pela Unesco, Cusco está sempre cheia de turistas do mundo todo, afinal é a base para passeios do circuito Inca, incluindo a incrível Machu Picchu. Cusco por si só já vale uma viagem, indicamos reservar no mínimo 5 dias para visitar esta região. Como já tínhamos comprado as nossas entradas de Machu Picchu com bastante antecedência (veja também a postagem Aquisição das entradas para Machu Picchu), nossa programação estava bem definida. Abaixo segue resumo da programação para 5 dias em Cusco:

  1. No primeiro dia fizemos um city tour em Cusco com uma agência local. Este passeio inclui o transporte de ônibus turístico com guia para visitar as principais ruínas Incas da cidade: Museu Convento de Qorikancha, Sacsayhuamán, Qenqo, Tambomachay e Pukapukara. O boleto turístico de Cusco deve ser adquirido separadamente e antecipadamente no centro da cidade para acesso nestes locais.
  2. No segundo dia fizemos o passeio do Vale Sagrado, quando visitamos pontos um pouco mais distantes da cidade de Cusco (cidadezinhas nas redondezas). Neste passeio vimos também muitas ruínas e terraços da civilização Inca, só que bem maiores, como Pisac e Ollantaytambo. O passeio parte de Cusco, também com agências locais, incluído transporte, guia e almoço. Neste segundo dia, durante o passeio do Vale Sagrado, aproveitamos para pegar o trem que vai a Águas Calientes (cidadezinha base para visitar Machu Picchu). Ou seja, depois de visitar Ollantaytambo, ao invés de voltarmos pra Cusco de ônibus junto com as pessoas que fizeram o passeio do Vale Sagrado conosco, seguimos de trem direto para Aguas Calientes partindo da própria estação de Ollantaytambo. Esta é uma forma de otimizar o tempo e reduzir custos. Pernoitamos em Águas Calientes e no dia seguinte, bem cedo, já estávamos prontos para visitar Machu Picchu logo no primeiro horário. Agencias locais de Cusco também vendem este "mini pacote" com o passeio do Vale Sagrado, trem ida e volta, entradas de MP, hotel em Águas Calientes. Porém nós fizemos as aquisições separadamente, tudo por nossa conta e risco, ficou bem mais barato.
  3. O terceiro dia foi a própria visita a Machu Picchu, a mais aguardada de toda a nossa viagem. Chegar lá foi uma recompensa muito grande que valeu por todo o esforço e planejamento que uma viagem autônoma requer. Vamos contar em detalhes nas próximas postagens como foi este incrível dia visitando a cidade sagrada dos Incas.
  4. No quarto dia, já de volta a Cusco, tiramos o dia livre para caminhar pela cidade. Visitamos com calma a Plaza de Armas, a catedral, a pedra dos doze ângulos, monumento a Pachacutec. Fomos também ao Mercado Central de Artesanatos de Cusco, o melhor lugar para comprar lembranças de viagem na região.
  5. No quinto dia, pela manhã descansamos no hostal e depois seguimos de taxi ao aeroporto internacional Alejandro Velasco Astete, em Cusco. Infelizmente tinha acabado nossa jornada pelo Peru.
Principais despesas / custos dos passeios (por pessoa em abril/2013):

City tour em Cusco: s/ 20,00
Entrada no Templo Qorikancha: s/ 20,00
Boleto turístico de Cusco: s/ 130,00
Passeio Vale Sagrado: s/ 40,00 (com almoço)
Trem Ollantaytambo > Águas Calientes > Ollantaytambo: $ 100,00 (Inca Rail)
Hostal em Águas Calientes: s/ 50,00 (para duas pessoas, quarto de casal)
Ônibus ida e volta de Águas Caliente p/ MP: s/ 96,00
Entradas de MP (incluindo Wayna Picchu): s/ 152,00
Van de retorno Ollantaytambo > Cusco: s/ 8,00

s/ : Soles Peruanos (moeda local)
$ : dólares americanos

Este foi só um resumo dos cinco dias finais da viagem em que passamos na região de Cusco. Nas próximas postagens vamos dar mais detalhes dos passeios com dicas para você viajante autônomo que nos acompanha!

Olá,
já curtiu nossa página no Facebook?
Curta e fique por dentro dos nossos novos posts!
https://pt-br.facebook.com/viajanteautonomo
Ah! Caso tenha alguma dúvida sobre algum ponto abordado nesta postagem ou quiser receber outras informações, registre seu comentário abaixo.
Abço, Denilson e Estela.

6 comentários:

  1. Ola meu amigo...
    Esta postagem sera de muita ajuda para minhas idéias de viagens!!!

    Obrigado.

    CA

    ResponderExcluir
  2. oi, estamos nos programando pra irmos ao peru em julho/2015. criando coragem pra dessa vez viajar sem agencia de viagem. gostaria de saber com que agencia fecharam o pacote cusco-mp e quanto custou mais ou menos. obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amigos, na verdade a gente fez somente o passeio do Vale Sagrado com uma agência, o restante foi feito por conta própria mesmo. Para isso, precisamos comprar com antecedência os tickets do trem e os ingressos de MP. A hospedagem em águas Calientes e o ônibus que sobe a montanha para MP compramos na hora mesmo.
      Existem várias agências locais ao redor da Praça de Armas de Cusco que vendem este mini pacote com tudo incluso. A vantagem é que vc não precisa se preocupar com nada, só comprar o mini pacote no primeiro dia em que chegar em Cusco e fazer os passeios.
      Os gastos que tivemos nestes passeios foram (por pessoa, em abril/2013:
      Passeio Vale Sagrado: s/ 40,00
      Boleto turístico de Cusco: s/ 130
      Trem Ollantaytambo > Aguas Caliente > Ollantaytambo: $ 100,00 (Inca Rail)
      Diária em hostel em Águas Caliente: s/ 50,00 (para 2 pessoas, quarto de casal)
      ônibus ida e volta de Águas Caliente p/ MP: s/ 96,00
      Entradas de MP (incluindo Wayna Picchu): s/ 152,00
      Van de retorno Ollantaytambo > Cusco: s/ 8,00

      s/ : Soles Peruanos (moeda local)
      $ : dólares americanos

      Excluir
  3. Olá,Denilson e Estela!
    No segundo dia, vocês fizeram o passeio do Vale Sagrado e ao invés de voltarem para Cusco, foram direto para Aguas Calientes para então conhecerem MP. Imagino que tenham levado toda sua bagagem consigo...foi tranquilo? Ficaram carregando a bagagem durante o passeio? Vou passar mais dias então terei uma bagagem razoavelmente grande. Achei uma boa ideia de roteiro, mas estou com medo de a bagagem ser um transtorno. O que acham?
    Agradeço muito desde já!!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  4. Olá, Denilson e Estela!
    No segundo dia, vocês foram direto do Vale Sagrado para Aguas Calientes ao invés de voltar para Cusco. Imagino que tenham levado toda sua bagagem consigo...foi tranquilo? Ficaram carregando a bagagem durante os passeios? Achei uma boa ideia de trajeto, mas estou com receio que a bagagem poderia ser um transtorno, até pq terei uma bagagem razoavelmente grande já que ficarei mais dias...O que acham?
    Agradeço muito desde já!!
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mariana. Sim, levamos conosco nossa bagagem durante o passeio do vale sagrado já pensando em seguir direto de trem de Ollantaytambo até Aguas Calientes. Como o passeio foi feito de microônibus com um grupo fechado desde Cusco, as malas podem ser deixadas no bagageiro do microônibus e somente serem retiradas na estação de trem de Ollantaitambo. Eles te deixam na estação, muita gente faz isso. A gente tinha pouca coisa, só duas mochilas, mas havia muitos turistas que estavam com malas maiores e foi bem tranquilo pra eles também. Antes de iniciar o passeio o guia já pergunta quem vai ficar em Ollantaytambo no final. Durante o passeio do Vale Sagrado o microônibus faz diversas paradas para visitar as ruínas, miradores e vilas, mas você não vai precisar se preocupar com a bagagem pois ela vai ficar dentro do ônibus.

      Excluir